Antidepressants: should I take them? (Antidepressivos, subtítulo em português)


Ola pessoal. Sou Maila-Kaarina e estou aqui para falar sobre depressão e conscientizar sobre esta doença. Muitas pessoas acham que a depressão é apenas uma fase pela qual todos passam, ou porque você está com um problema que não pode resolver, ou porque está estressado ou sofrendo com alguma coisa. Claro, tudo isso também pode te deixar deprimido e a depressão pode ser uma condição temporária, sim, pode. Mas em muitos casos, não é. Portanto, é muito importante educar-se e aceitar a depressão como uma doença. E toda doença precisa de tratamento, toda doença precisa de medicação. Como pessoa que sofre de depressão, eu já ouvi várias vezes pessoas me dando conselhos de não tomar remédio porque eu vou ficar viciada, porque o remédio vai me prejudicar. Que vou ter outros problemas por causa da medicação e todo esse tipo de coisa quando, na verdade, os resultados devem ser o oposto. Você deve voltar à sua estabilidade. O medicamento deve ajudar você a ficar estável, a ser você mesmo outra vez. Os antidepressivos são medicamentos fortes e, como todo medicamento mais forte que você possa tomar, sofrerá efeitos colaterais. Se você tomar antibióticos muito fortes, por exemplo, provavelmente sofrerá dores de estômago, sentirá náusea e, é claro, se estiver tomando um remédio forte, os efeitos colaterais poderão ser fortes também, na maioria dos casos. Conheço pessoas que não têm efeitos colaterais. E sofri com muitos efeitos colaterais quando comecei a me ajustar à minha medicação. Portanto, é muito importante estar ciente de que isso não ocorre porque você está tomando antidepressivos ou porque os antidepressivos são ruins. Você está tendo efeitos colaterais porque está tomando medicamentos fortes para um problema muito grave. Você pode ter apenas dois ou três desses sintomas e estar sofrendo de depressão severa, porque esses sintomas não são brincadeira. Na primeira reunião com o médico, ele já tem como saber que você está sofrendo de depressão, mas ele não tem como saber se essa é uma condição temporária ou se é uma condição crônica. E muitas vezes, ele nem pode ter certeza de que tipo de depressão você tem. Porque este é um processo, mas você já pode sair do consultório no primeiro dia medicado. Porque existem vários medicamentos que você pode começar. E eles podem ajudar pelo menos neste momento de crise profunda, eles podem ajudar você a se acalmar. Eles podem ajudar seu cérebro a ficar um pouco melhor e mais estabilizado. Como eu disse antes, é muito importante estar ciente de que o medicamento para a depressão não será perfeito para você desde o primeiro momento. Isso é muito raro, portanto é um processo saber a dosagem correta e há um processo para saber qual medicamento é melhor para você. Pode levar de dois a três meses para você terminar o primeiro ciclo de seu medicamento. E durante esse período, você pode ter vários efeitos colaterais ou não, e você pode ter essa sensação ruim de que o medicamento não está realmente te ajudando. Porque outras coisas vão surgir. Mas isso é normal. Tente, tente passar destes três primeiros meses, porque depois disso você se sentirá melhor. Infelizmente, não há nada no mundo que possa ajudar a curar a depressão rapidamente. Portanto, é um processo que não será agradável. Vai fazer você sofrer, vai fazer você se sentir mal. Mas eu prometo, como paciente, eu prometo que você ficará melhor depois de um tempo. Se você acreditar no tratamento e fizer exatamente como for dito para você. Comigo, no meu tratamento específico desta última vez, acho que demorou seis meses para eu chegar à dosagem certa do meu medicamento. A cada três meses, mais ou menos, no todo, eu diria que no começo, depois do primeiro mês, eu já havia mudado a dose do medicamento Primeiro, eu tomei dois medicamentos. Então, no segundo mês, parei um deles e continuei apenas com o outro. E o médico também aumentou um pouco mais a dosagem desse medicamento. E depois de três meses, a dosagem do medicamento foi aumentada novamente e só então eu comecei a sentir que eu estava melhorando. Então, eu queria fazer este vídeo de uma maneira realista, porque eu quero que você entenda que tomar medicamentos não será fácil. Muitas pessoas desistem do tratamento, como eu disse no começo deste vídeo. Mas tente não desistir, porque vai ser bom para você. Obviamente, estar doente não é bom, mas não ajuda se você evitar o tratamento. Eu sei o quão difícil é pedir ajuda. Eu sei o quão difícil é dar o primeiro passo. Eu já passei por isso. Sofri de depressão em silêncio por muitos e muitos anos, por mais de uma década. Na verdade eu diria que durante duas décadas sofri de depressão em silêncio. Então, o que quero te pedir agora é que tente encontrar alguém com quem você possa conversar e, se você é apenas um amigo ou parente de uma pessoa que sofre de depressão, quando você der conselhos, não dê nenhum conselho além de sugerir que a pessoa vá ao médico para procurar ajuda. Ofereça ajuda, acompanhe a pessoa, ofereça-se para acompanhá-la, ofereça-se para marcar a consulta, porque às vezes é tão difícil pegar o telefone e fazer uma ligação. Estou dizendo, já foi assim comigo. Muito obrigada por assistir a este vídeo. E se você tiver sugestões para mais tópicos relacionados à depressão, se você é uma pessoa que sofre de depressão e gostaria de obter mais informações sobre algo, se estiver usando meus vídeos para mostrá-los à sua família ou amigos para que eles entendam um pouco melhor o que você está passando, Por favor, deixe-me saber, porque eu poderei fazer um trabalho melhor com sua ajuda. OK? Conte comigo. Estamos juntos.